Como fazer um SLA entre marketing e vendas?

O SLA entre marketing e vendas é uma das principais formas de integrar equipes em uma empresa, fazendo com que cada uma desempenhe tarefas certas e troque informação sobre as melhores formas de conversar com o cliente, ampliando as chances de um negócio ser fechado.

Entenda mais, no artigo a seguir, sobre os principais benefícios da prática do SLA em empresas de todos os portes e setores, e saiba como colocar essa forma de trabalho em prática de maneira habilidosa.

 

O que é SLA?

O Service Level Agreement (SLA) é um acordo feito por duas ou mais equipes dentro de uma empresa para alinhar estratégias que facilitam ou induzem a um processo com maior exatidão e assertividade, fazendo com que cada um respeite os limites das ações do outro.

Por exemplo, dentro de uma empresa de agencia de stands é comum que o setor de marketing e a área de vendas entendam cada um dos processos que levam um cliente a saber mais sobre os produtos da empresa, como informações e dados relevantes como:

  • Preferências;
  • Disponibilidade de compra;
  • Produtos desejados;
  • Horário para contato;
  • Entre outros.

Esse entendimento mútuo leva empresas a implementarem melhores divisões de trabalho e acertarem melhor em cada uma das etapas, fazendo um acompanhamento de atendimentos que faça o cliente entender que a empresa o conhece perfeitamente.

 

Quais seus benefícios?

Entenda abaixo alguns benefícios do SLA e saiba porque ele deve fazer parte hoje mesmo dos métodos de trabalho dentro da sua empresa. Entre os principais pontos, podemos citar os seguintes:

 

Melhoria do relacionamento interno

Nem toda empresa funciona assim, mas muitas vezes as equipes internas que não se comunicam e não participam dos processos de decisão ou elaboração de bons métodos de trabalho acabam ficando frustradas e perdidas no processo.

Com o SLA a junção de ideias e outras questões com cada profissional de cada grupo de trabalho faz com que todos tenham uma participação sobre o todo, melhorando o relacionamento e a comunicação, em relação ao trabalho.

Essa união é importante para o entendimento de casos não habituais, como complicações na hora da venda para um cliente que teve um relacionamento complicado com alguém do atendimento de marketing, por exemplo.

Além disso, qualquer tipo de mudança que venha melhorar uma empresa de, por exemplo, indústria de rótulos é bem-vinda, e quase sempre não é explicado para todos na hora que é decidido, fazendo com que muitos fiquem perdidos. 

 

Distribuição correta de atividades

Não é difícil encontrar dentro de equipes algumas situações onde funcionários ultrapassam os limites das atividades direcionadas a cada um deles, ou até mesmo que façam o inverso, não dando a atenção necessária àquelas questões que são responsáveis.

Com a implantação do SLA essa é uma preocupação a menos nas empresas que passam por esses percalços, já que a comunicação entre equipes faz com que cada parte envolvida no processo de compra perceba e coloque em prática uma atividade.

Essa troca de informação e delegação de atividades faz todo o sentido em processos onde muitas vezes o cliente deseja mais informações ou um incentivo para continuar interessado, como podemos ver dentro de um funil de vendas, por exemplo.

Nesses casos, é comum que equipes de marketing, como no caso de uma empresa de cameras de segurança, insista na produção de conteúdos essenciais para influenciar a compra, deixando uma maior afirmação para o cliente antes que ele vá para outro setor.

 

Alinhamento dos propósitos

Com um alinhamento de propósitos mais decidido e focado nos objetivos da empresa, equipes conseguem concentrar os esforços para levar ao cliente exatamente o que ele precisa para decidir fechar com a empresa, evitando falhas dentro desse processo.

Entendemos que dentro de um processo de compras, muitas vezes, o futuro consumidor de uma empresa pode se perder entre seus sentimentos e suas vontades, indo para ações que não favorecem a compra, mas sim, por exemplo, a curtida ou compartilhamento da página. 

Nesses casos, fica nítido que algumas das partes não soube trabalhar corretamente a indução à ação de compra, e deve modificar suas estratégias para conseguir passar o cliente para o setor comercial, tendo o propósito correto.

Com o SLA essa constatação fica ainda mais prática, auxiliando empresas que fazem camisetas personalizadas, por exemplo, a venderem seus produtos para o público-alvo mais rapidamente, evitando falhas de comunicação.

 

Observação geral dos resultados

Investir na localização de dados e informações, e entender os resultados de páginas e sistemas de otimização são questões essenciais não apenas para as lideranças, mas também para outras equipes relacionadas à venda, como o comercial e o marketing.

Por exemplo, dentro da página de compra de uma empresa de equipamentos de segurança eletronica é possível encontrar o local exato onde clientes se sentem mais interessados em comprar, como campanhas mais chamativas e bem comunicadas.

Ao olhar resultados desse cenário, equipes de comunicação e vendas podem viabilizar essas formas de comunicação, bem como as informações dessa página dentro das conversas de negociação, algo que provavelmente vai induzir bons resultados.

Além disso, não é incomum que empresas também utilizem dados para melhorar questões, como as formas de contato, de abordagem e até mesmo as condições de fechamento de negócio, que podem ser melhoradas ou replicadas dentro de qualquer empresa.

 

Produtividade aumentada

Quanto melhores forem as conversas sobre as práticas dentro de um processo de venda, dando atenção para cada parte responsável, por cada setor ou equipe, mais produtivos esses profissionais ficam, de antemão, favorecendo a empresa.

Com uma boa proposta de comunicação, o SLA viabiliza divisão de tarefas, entendimento daquilo que funciona ou não dentro da empresa, do que precisa ser melhorado, adaptado, dentre outras questões que influenciam nos serviços dos profissionais.

Por exemplo, é possível integrar serviço entre setores, deixando que alguns tomem conta de situações, como aluguel de locação de caminhão munck e outros fiquem cuidando de partes financeiras e organizacionais, deixando cada um com sua responsabilidade.

Isso faz com que não existam desvios de função, sobrecarregamento em alguns setores e até mesmo pessoas que ficam na empresa sem desempenhar nenhuma função, atrasando ou deixando de cumprir alguma questão importante.

 

Passo a passo: fazendo SLA entre marketing e vendas

Agora que você já entendeu o que é, bem como os benefícios do SLA, separamos um passo a passo de como executar essa ação entre seus times de marketing e vendas. Confira:

 

1. Trace um processo com objetivos da empresa

De acordo com os objetivos propostos pela empresa, cada equipe dentro da estrutura corporativa saberá que atividade fazer e como fazer para alcançar esse desejo, algo que deve ser amplamente estudado e debatido com todos.

No caso do SLA, onde geralmente as áreas de marketing e vendas fazem um contrato para trabalhar juntas, todo o processo de trabalho deve ser desenvolvido e revisado, sendo cada uma responsável pela sua área correspondente.

Dentro dessa determinação, que pode ser em uma reunião, ficam divididas não apenas as tarefas, mas também os controle de informações, as resoluções de problemas e outras questões que são de praxe de cada equipe dentro do processo.

 

2. Insira limites e funções para cada um

É bastante comum, ainda que não seja a melhor proposta, que funcionários de um setor, querendo ajudar ou auxiliar um cliente, saiam de suas áreas correspondentes e passem a desenvolver atividades pelas quais não são responsáveis.

Cada um dentro de uma empresa tem um propósito, e sempre que uma pessoa se ausenta dessa necessidade ela pode causar falhas em todo o processo, além de gerar estresses com outras equipes por conta da intromissão.

Por isso, deixe claro cada parte dos profissionais no todo do processo dentro da empresa, se possível, desenvolvendo organogramas e pontuando a necessidade de cada um nas atividades, como dentro de uma empresa que trabalha com fornecedor de piso tátil.

 

3. Pense em metas para cada área

Uma das principais formas de trabalhar para atingir os objetivos principais dentro de uma empresa são metas, formas de atingir os propósitos pouco a pouco, inserindo competitividade e movimentação contínua dentro da empresa.

Por exemplo, em um negócio do setor automobilístico, é possível colocar uma meta na área de marketing para a quantidade de pessoas que eles atingirão com ações de comunicação, e outra meta no setor de vendas para novos clientes que entraram.

A comunicação entre cada uma das partes, sobre cada parte do processo, é essencial, pois dessa forma cada um saberá o que fazer e para quem devem facilitar os processo, focando em um objetivo em comum dentro do negócio, como em uma fabrica de mochilas.

 

4. Verificação periódica de resultados

É importante focar no entendimento de resultados dentro de uma empresa para que de fato novas implementações, focando em reações positivas surjam. Isso fará com que cada um entenda o que pode ser modificado e trabalhe para a construção de uma melhoria.

Além disso, verificar resultados faz parte de uma melhoria nas atividades dentro de uma empresa, bem como as estratégias utilizadas, que podem não estar fazendo efeito e devem ser modificadas e testadas novamente.

 

Conclusão

O SLA é uma forma eficaz de não apenas integrar equipes, mas também implementar novas rotinas e dinâmicas na hora das atividades importantes dentro de uma empresa, algo que facilita a obtenção de melhores resultados e de uma maior atividade na empresa.

Quanto mais comunicação uma empresa trabalha com seus funcionários, melhor será a recepção por parte dos clientes, que entenderão facilmente o que a empresa deseja comunicar e de que forma ela pode ser eficaz nas tratativas de vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.